[ busca ] [ b / mod / d ] [ cri / mu / lit / comp ] [ tv / an / jo / occult / k ] [ porn / tr ] [ tudo / banlist / arquivo ] [ regras / faq / biblioteca ]

/cri/ - Criatividade

Nome
E-mail
Assunto
Comentar
Arquivo
Inserir
Senha (Para excluir arquivos)

Frequentem as boards secundárias.
Chequem o catálogo antes de postar.
Visitem a Biblioteca do Real

File: 1571497067638.png (6,81 KB, 419x501, images.png) ImgOps Google

 No.41

Por que o trema foi tirado do português? Ele era tão útil
E também tem alguma possibilidade dele voltwr nos próximos acordos ortográficos

 No.45

Sei lá porra

 No.47

Sei lá porra

 No.48

O trema ainda não havia sido abolido porque a reforma ortográfica proposta desde o início dos anos 90 não havia entrado em vigor - o que fez com que o trema fosse obrigatório na teoria.

O Acordo Ortográfico de 1990, na Base XIV, determinou a inteira supressão do diacrítico em palavras portuguesas ou aportuguesadas, vetando inclusive seu uso em poesia, algo que no Brasil já fora abolido pela Lei 5.765/1971, que modificou o Formulário Ortográfico de 1943.

Com a entrada efetiva em vigor do Acordo em 2009, o uso do trema passou a ser facultativo no período de transição (2009-2015) e a partir dele restringe-se às palavras de origem estrangeira e seus derivados - tais quais "mülleriano" e "hübneriano" - sem contar o direito garantido na Base XXI, de manter a grafia original de nomes próprios, empresas e marcas com registro público.

Essa indefinição só chegou ao fim no Brasil com a assinatura do Decreto 6.583/2008, que em seu artigo 2º, parágrafo único, determinava prazo de transição entre 1º de janeiro de 2009 a 31 de dezembro de 2015.

 No.49

Mesmo antes da abolição do trema, com a entrada em vigor do Acordo Ortográfico de 1990 no Brasil, seu uso era controverso. Mesmo com livros de língua portuguesa editados no Brasil determinando que o trema devesse ser grafado, era frequente que muitas pessoas não o usassem, seja por desconhecimento ou por considerar seu uso desnecessário. Certos órgãos de comunicação brasileiros se alternavam entre o emprego ou não do diacrítico, como no uso da palavra seqüestro, como por exemplo a Folha de S.Paulo.



[Voltar][Vá para o topo] [Catalog] [Post a Reply]
Deletar Mensagem [ ]
[ busca ] [ b / mod / d ] [ cri / mu / lit / comp ] [ tv / an / jo / occult / k ] [ porn / tr ] [ tudo / banlist / arquivo ] [ regras / faq / biblioteca ]