[ busca ] [ b / mod / d ] [ cri / mu / lit / comp ] [ tv / an / jo / occult / k ] [ porn / tr ] [ tudo / banlist / arquivo ] [ regras / faq / biblioteca ]

/mu/ - Música

Nome
E-mail
Assunto
Comentar
Arquivo
Inserir
Senha (Para excluir arquivos)

Frequentem as boards secundárias.
Chequem o catálogo antes de postar.
Visitem a Biblioteca do Real

File: 1561531075502.jpg (41,4 KB, 720x468, 1098157.jpg) ImgOps Exif Google

 No.3

Esta é uma thread sobre grunge. Vista uma calça rasgada e tire do armário sua camisa de flanela xadrez, pois embarcaremos numa viagem pela Seattle dos anos 90.

Irei postando alguns álbuns que considero essenciais e um comentário sobre eles, ok? Ok.

 No.4

File: 1561532005423.jpg (49,64 KB, 608x612, Touch Me I'm Sick.jpg) ImgOps Exif Google

Mudhoney - Touch Me I'm Sick

Se alguém te perguntar qual gravação clássica do grunge que define o som de Seattle, você tem duas opções: responder "Nevermind" e parecer um plebeu ou ser um patrício superior e responder que é esse single aqui, do Mudhoney. Começarei a thread com ele, tamanha importância que esse single tem.

Nele temos duas canções, Touch Me I'm Sick e Sweet Young Thing Ain't Sweet No More. São faixas meio voltadas pro punk, com um aroma dos Stooges. Mais tarde entrariam na coletânea Superfuzz Bigmuff Plus Early Singles, que também vale a pena conferir caso tenha gostado das músicas. :3

Touch Me I'm Sick - https://www.youtube.com/watch?v=9UUMzZCjaN8
Sweet Young Thing Ain't Sweet No More - https://www.youtube.com/watch?v=FOUDDcIsokU

 No.5

File: 1561532722043.jpeg (251,08 KB, 628x610, Dry-as-a-Bone-Rehab-Doll.jpeg) ImgOps Google

Green River - Dry as a Bone/Rehab Doll

Ok, essa aqui é importante. A banda foi uma espécie de coluna cervical para toda a cena que explodiria. Dos membros do Green River, Mark Arm e Steve Turner formariam mais tarde o Mudhoney e Jeff Ament e Stone Gossard fariam parte do Mother Love Bone e mais tarde, Pearl Jam.

Quanto ao som, aqui você encontrará uma carga pesada e suja como um elefante que caiu na lama, numa espécie de montanha-russa que corre pelo punk e pelo heavy metal. Vale a pena conferir.

P.C.C - https://www.youtube.com/watch?v=MzHB9vTlP_8
This Town - https://www.youtube.com/watch?v=03Mocf98njg

Tem também essa apresentação ao vivo da reunião deles em 2008. É ótima. :3
https://www.youtube.com/watch?v=95NvfCMCpu0

 No.6

File: 1561533268831.jpg (11,72 KB, 300x294, R-1765830-1330899681.jpeg.jpg) ImgOps Exif Google

Vários Artistas - Another Pyrrhic Victory

Postarei duas coletâneas que definem bem a cena musical de Seattle pré-explosão do grunge. Nessa aqui temos Malfunkshun, que era a banda do Andrew Wood (falarei mais dele depois), Green River, que eu já falei e mais um punhadinho. Eu particularmente gosto bastante de 64 Spiders.

Álbum completo - https://www.youtube.com/watch?v=v_VNbWB41AI

 No.7

File: 1561533601036.png (414,61 KB, 535x533, 0209893fe5325b7c6ecc2ea434….png) ImgOps Google

Vários Artistas - Deep Six

Essa aqui é outra compilação importante. Temos bandas importantes como Melvins, Skin Yard, U-Men e Soundgarden, além do Green River e Malfunkshun.

Álbum completo - https://www.youtube.com/watch?v=N5eogV0It9I&list=PLF18FF1930BF74D87

 No.8

File: 1561534235139.png (78,85 KB, 300x300, Soundgarden_-_Louder_than_….png) ImgOps Google

Soundgarden - Louder Than Love

Esse aqui é um álbum legal. Enquanto parte da cena flertava mais com o punk, o Soundgarden já puxava mais para o metal. Os vocais do Chirs Cornell, como sempre, maravilhosos. Acho esse disco melhor que o debut deles, Ultramega OK, mas ainda não tão bom quanto seria o álbum seguinte, Badmotorfinger.

Loud Love - https://www.youtube.com/watch?v=qG1x4Gf_PcY
Hands All Over - https://www.youtube.com/watch?v=ZqJuHlgmrIA

 No.10

Por falar em Soundgarden, fiquem com esse show caralhudo deles no Paramount Theater, Seattle em 1992. Imaginem só, o grunge estourando no mundo todo e você poder curtir uma apresentação dessas, com a banda no auge.
Puta merda, como eu queria ter vivido isso.

 No.16

File: 1561594855248.jpg (185,13 KB, 1000x1000, 118220776.jpg) ImgOps Exif Google

Mother Love Bone - Apple

Essa aqui é uma história importante para a cena toda. O Mother Love Bone era formado pelos ex-membros do Green River (Jeff Ament, Bruce Fairweather e Stone Gossard), o ex-frontman do Malfunkshun (Andrew Wood) e se eu me lembro bem, o ex-baterista do Skin Yard que eu não me lembro o nome. Vale lembrar que a cena de Seattle era essa suruba de membros de bandas se juntando e fazendo novas bandas, que iam se influenciando e fazendo assim nascer um som em comum.
Diziam que o Andrew Wood era de longe o melhor frontman da região e que o Mother Love Bone era a banda que provavelmente chegaria mais longe. Infelizmente, antes de lançarem o primeiro álbum (o relatado), Andrew Wood morreu de overdose de heroína. Foi uma morte que chocou todo mundo e um evento que influenciaria muita coisa na cena.
Sobre o disco, ele é mais voltado pro hard rock. As canções são bem amigáveis e legais de se escutar. Não é tão pesado nem sujo.

Come Bite The Apple - https://www.youtube.com/watch?v=VwzwdJ8ofI4
Stardog Champion - https://www.youtube.com/watch?v=HCi4Dc9FoN4

 No.17

File: 1561595493819.jpg (147,66 KB, 600x600, b9369fce-01fc-36b2-9d67-3a….jpg) ImgOps Exif Google

Temple of the Dog - Temple of the Dog

Depois que o Andrew Wood morreu, o Chris Cornell (que se eu não me engano, era colega de quarto do Wood) e outros membros do Mother Love Bone (Stone Gossard e Jeff Ament) resolveram fazer um tributo ao finado. Assim nasceu o Temple of the Dog.
Para a gravação do disco, chamaram o guitarrista Mike McCready, o baterista do Soundgarden Matt Cameron, além de um convidado para cantar a faixa Hunger Strike, Eddie Vedder.
Após a conclusão do tributo, Cornell e Cameron voltariam ao Soundgarden e o resto da turma formaria o Pearl Jam.

Reach Down - https://www.youtube.com/watch?v=_QCEW0HbxZ0
Hunger Strike - https://www.youtube.com/watch?v=wcaQeHZyHPM

 No.18

Não se esqueça do Nuncamente, OP. No aguardo.

 No.19

File: 1561620109554.jpg (49,79 KB, 500x500, 51akuuvYCIL.jpg) ImgOps Exif Google

Nirvana - Nevermind

Vamos começar a falar do que podemos considerar o "Big 4" do grunge. Começando com o Nevermind, que foi o que teve maior impacto.
Acho que não tem muito o que dizer sobre esse disco que já não foi dito milhares de vezes, mas é legal citar algumas coisinhas. Boa parte das letras foram terminadas dentro do estúdio, pelo Kurt, bem como um punhado delas são sobre a relação (e o término dela) que ele tinha com Tobi Vail, baterista da banda Bikini Kill.
O nome da música Smells Like Teen Spirit veio de uma pichação que a vocalista do Bikini Kill, Kathleen Hannah, fez na casa de Kurt após uma festa. Nela ela debochava do fato de Kurt dormir com Tobi Vail e cheirar à Teen Spirit, desodorante que Vail usava. Kurt achou a pichação legal e nomeou a música assim, mas só foi descobrir da história por trás depois. Ele nem mesmo sabia que Teen Spirit era uma marca de desodorantes.

Sobre a sonoridade, dá pra ver bem os pontos em que a banda se inspirava. Ao mesmo tempo que temos um som punk e cru vindo de bandas como Sonic Youth e Flipper, temos também uma pegada mais alternativa, com melodias mas "catchys", por influência de bandas como Pixies e R.E.M. É legal pegar a lista de discos favoritos do Cobain e ver como o Nevermind soa como uma mistura deles.

Eu me lembro do dia em que comprei esse CD. :3

Smells Like Teen Spirit - https://www.youtube.com/watch?v=hTWKbfoikeg
Lounge Act - https://www.youtube.com/watch?v=IoudNeAMw2k

 No.20

File: 1561620856613.jpg (66,53 KB, 622x622, cover_Alice_In_Chains1992.jpg) ImgOps Exif Google

Alice in Chains - Dirt

Disco número 2 do nosso Big 4 e ótimo para exemplificar como o grunge não era um gênero, mas sim uma cena.
Enquanto o Nirvana pendia para uma veia mais punk e alternativa, o Alice in Chains vinha com uma influencia maior do metal. De fato, tudo o que fosse alto, barulhento e pesado era uma influência na cena de Seattle, criando assim bandas que não soavam iguais, mas mesmo assim tinham uma conexão.

Há muita coisa nesse álbum. Os vocais do Layne são maravilhosos e ao mesmo tempo vêm com uma carga pesadíssima, talvez retratando o vício em heroína do vocalista. Os riffs e solos do Jerry Cantrell também são um espetáculo nesse circo um tanto quanto mórbido criado pela banda em Dirt.

Estranho que no início de carreira, o Alice in Chains era uma banda de Glam Rock. Outra curiosidade é que a blusa laranja que o Layne usa no clipe de Would? era do Andrew Wood, cuja história já contei na thread.

Them Bones - https://www.youtube.com/watch?v=wFgAE5SgFnw
Would? - https://www.youtube.com/watch?v=Nco_kh8xJDs

 No.21

File: 1561621298015.jpg (31,6 KB, 355x351, 61asK-MO3NL._SX355_.jpg) ImgOps Exif Google

Pearl Jam - Ten

Terceiro do nosso Big 4 e também o mais leve dos quatro. Ten é enraizado no hard rock mais clássico, pendendo quase nada para o lado das guitarras pesadas e sujas que seriam marca do grunge.
Apesar disso, o Pearl Jam era uma das bandas cujos shows eram agitadíssimos. Eddie Vedder era um frontman caralhudo, que subia pelas paredes, pulava e macaqueava enquanto cantava (e cantava bem!). Vale a pena conferir, além do disco, o show deles no Pinkpop de 92.

Fun fact: o primeiro contato que tive com esse álbum foi numa aula de inglês. A professora colocou Jeremy pra tocar na sala. Na época eu não gostei muito.

Even Flow - https://www.youtube.com/watch?v=tkbgtVFlyCQ
Alive - https://www.youtube.com/watch?v=wGiTPgvKktM

 No.22

File: 1561621900908.jpg (30,32 KB, 355x355, 71rRNAnVW6L._SY355_.jpg) ImgOps Exif Google

Soundgarden - Badmotorfinger

Quarto e último do nosso Big 4, Badmotorfinger é fruto do amadurecimento do Soundgarden sem perder a essência do que era a banda e talvez seja o mais pesado dentre os 4. Bem pendendo para o metal e perfumado com a voz maravilhosa do Cornell, não é difícil entender a razão do sucesso do disco.

Não tem muito o que dizer. Foi uma evolução do >>8

Outshined - https://www.youtube.com/watch?v=uLZBhlTXHuo
Jesus Christ Pose - https://www.youtube.com/watch?v=Tn5OIo4FuPc

 No.46

Caralho! Você recriou o mesmo fio que tinha criado no 27chan há muito tempo! Muito obrigado, não tinha salvado nada antes dele ir pro saco.

 No.69

File: 1562317073917-0.jpg (868,57 KB, 900x900, 1418478756786.jpg) ImgOps Exif Google

Mudhoney - Every Good Boy Deserves Fudge

Meu álbum favorito do gênero. As guitarras são bem sujinhas, mas cantam de uma maneira magnífica por todo o disco. Aparecem instrumentos pouco usuais como o órgão nas músicas de abertura e encerramento do disco e gaita em Move Out. Vai do punk mais cru e clássico até faixas mais melódicas, cobrindo tudo com maestria.
Por um bom tempo esse aqui foi meu disco preferido no geral, mas hoje ele está guardado com carinho no meu top 10.

Thorn - https://www.youtube.com/watch?v=UaFSlW4RfYA
Broken Hands - https://www.youtube.com/watch?v=WEYa1Z6BvCw
Move Out - https://www.youtube.com/watch?v=ID-RJBMCYBE

 No.70

>>46
De nada. Vou tentar postar pelo menos um álbum novo na thread a cada dois dias. :3

 No.72

>>7
Comecei a ouvir Melvins recentemente e é foda pra caralho.

>>20
Também é bom lembrar que Dirt é como um album conceitual deles, narrando, em ordem, decepções da vida, passando para o escapismo nas drogas, o vício e as consequencias do mesmo.

 No.154

Não entendo muito de música,mas acho esse som muito foda



[Voltar][Vá para o topo] [Catalog] [Post a Reply]
Deletar Mensagem [ ]
[ busca ] [ b / mod / d ] [ cri / mu / lit / comp ] [ tv / an / jo / occult / k ] [ porn / tr ] [ tudo / banlist / arquivo ] [ regras / faq / biblioteca ]